quarta-feira, 9 de julho de 2008

Eu planejo, tu planejas, ele planeja...

Viajante que é viajante está sempre planejando a próxima viagem! Ela pode acontecer daqui um mês, daqui um ano, daqui dois anos, daqui sabe-se-lá-quando-vou-ter-dinheiro... não importa: planejar faz parte da delícia de viajar e faz com que possamos começar a curtir a viagem desde que decidimos que "cara, como eu queria ir para aquele lugar!".
Mas não confunda planejamento com cronometragem de atividades: aquela coisa de "8h12 - descer para o café; 8h37 - sair do hotel; 8h43 - pegar o metrô" deve estar totalmente fora de uma boa viagem! Todo mundo tem o direito e o dever de ficar uma hora a mais naquele museu que se revelou muito mais legal do que parecia e sair mais cedo daquela exposição, que apesar de bem indicada na verdade era um porre, para simplesmente ficar sentado em uma praça olhando as pessoas passarem.
Planejar é um jeito de prever coisas boas e ruins que podem acontecer na sua viagem e estar preparado pra elas. Antes de ir para aquele país que você sonha, pesquise se você vai precisar de visto, vacina, seguro saúde e já conte com esses gastos a mais para economizar em alguma outra coisa; planeje também alguns períodos livres, porque você pode descobrir atividades bacanas que não tinha pensado antes, ou simplesmente conhecer pessoas legais com as quais poderia passar horas tomando café e conversando sobre diferenças culturais.
Assim, você não corre o risco de ter passado por uma cidade e não ter ouvido falar de um festival super interessante que estava acontecendo, ou não ter visitado um local que tem a sua cara por só ter descoberto que ele existia, de pegar um trem para fazer uma viagem que poderia ser muito mais barata de ônibus, ou um avião para percorrer um trecho que tem uma paisagem lindíssima...
Você não tem muito tempo? Nem precisa! Um bom buscador de internet te ajuda a encontra muito sobre destinos, hotéis, transportes... E não deixe de conversar com quem já foi: o amigo do primo do vizinho foi pra aquela cidade que você tá doido pra conhecer? Pense quais são as suas dúvidas, não custa mandar um email pedindo dicas. Quem gosta de viajar ADORA falar de viagem, então... aproveite!
Lógico que não existe um "molde" de viagem: um roteiro que dá certo pro seu amigo necessariamente não funciona pra você, pois todo viajante tem as suas características específicas: verba a investir, tempo disponível, interesses a alcançar. Mas você pode e deve juntar todas as dicas que as pessoas te passam e depois fazer um roteiro pra você, com a sua cara.
Agora vou nessa, que tô planejando minha próxima viagem!
E você?

4 comentários:

carolwieser disse...

O esquema na minha cabeça funciona da seguinte maneira: planejo 24 horas por dia um novo destino. Em um ano posso ter 4 a 5 destinos bem planejados e super detalhados pra visitar...mas nem sempre tenho $ e tempo pra realizá-los. De qualquer forma estão lá arquivados pra assim que der a opotunidade!! E uma hora sai... basta planejar melhor!!

É deu pra ver que tudo depende de planejamento... adorei o seu post.

Beijos

Margarida Nobre disse...

Concordo com tudo o que disse no texto!Mas mesmo tudo!É exactamente assim que eu penso e me sinto quando estou planeando uma nova viagem... o problema é que eu estou sempre a pensar num novo destino e muitas vezes em vários ao mesmo tempo...e além disso ainda penso em voltar aos que já fui e gostei muito...huf!è uma canseira..hehe

Bjs

Mari Campos disse...

Bá, o planejamento é mesmo tão gostoso quanto a viagem. E quanto melhor a gente planeja, mais a gente aproveita enquanto está viajando, sem sustos. Eu nunca embarco numa viagem sem já estar com a seguinte engatilhada - e isso significa planejamento full time. Que delícia! ;)

Bá Conti disse...

Pois é, meninas, eu faço o mesmo: estou o tempo todo rascunhando novos destinos... aí quando aparece a oportunidade, é só passar a limpo!! rs
Ai, Margarida, e nem fale! Também morro de vontade de revisitar meus destinos preferidos!
Mas tem tanto mundo no mundo...